Meleca na cozinha's Blog

Archive for junho 2011

te quero hoje e agora hahahaha

te quero hoje e agora hahahaha

Oi Gente!

Eu estava revisando as fotos do blog, e me deu uma certa vergonha das antigas.

Eu tinha refotografado o brownie, então nada mais do que dar um post  para ele né? Fora que o nosso caso de amor é eterno.

Brownie que é brownie é quadradinho, molhadinho, e gostosinho.

Aproveitando, eu dei uma leve mudada na receita, visto que a alergia á lactose estava se manifestando no dia em que eu fiz.

Vamos lá?

Ingredientes

2/3 de manteiga sem sal (manteiga gente, não margarina)
240 gramas de chocolate meio amargo (quanto mais amargo melhor)
4 ovos
1 xícara e meia de creme de soja ( foi aí que eu mudei. Mas quem quiser pode usar creme de leite)
1 xícara e 1/2 de açúcar
1 xícara de farinha de trigo

Derreta o chocolate junto com a manteiga. Reserve

Bata os ovos usando um fouet ou um garfo e junte a mistura de chocolate com manteiga.
Adicione o creme de soja, o açúcar e a farinha.
Misture bem e suspire uns minutos pela coisa linda que vai ficar a mistura.

Leve para assar, em fogo baixo 160° por mais ou menos 25 minutos ou até a casquinha ficar seca. Preste atenção. Secou em cima desligue o fogo e retire o brownie. Se você demorar muito ele perde a umidade característica de brownie.

Retire do forno, deixe esfriar e coloque a cobertura.

Uma cobertura “restedonte” style.

O  que sobrou do creme de leite na caixinha ou na latinha, e o que sobrou do chocolate, já, que para ter 240 gramas você vai precisar de mais ou menos 1 tablete e 1/2 de 170 gramas.
Ou seja é para sobrar mais ou menos 1/2 barra.
Derreta o chocolate com 1/4 do tablete de manteiga sem sal, misture bem.
Adicione o creme de leite e misture até ficar homogêneo.

Vai ficar outra coisa linda.

Eu aproveitei que tinha um chocolate de morango callebaut (chique né?) e derreti um pouquinho, e joguei em cima fazendo desenhos aleatórios.

O único cuidado que vc tem que tomar é para não comer a forma inteira hahaha

Bom fim de semana!

Beijos

Amanda

@melecanacozinha

ah, a receita antiga está aqui

 

Melhor evento do ano...

O evento mais gostoso do ano..

Há dias que vc descobre que o seu mundo é muito mais colorido do que parece ser
Que os sentidos podem ser aguçados até ir além dos limites conhecidos..
Que a felicidade não é só aquilo que você conhece.
Ela é muito maior do que vc imagina.

Foi assim que eu me senti no RangoCamp.

A experiência mais sensorial, mais colorida e um dos dias mais felizes da minha vida.
Foram tantos obstáculos superados, afinal, a viagem era longa, o caminho desconhecido, as pessoas me colocando medo.

Mas todos eles valeram a pena, ao relembrar o quanto eu fiquei feliz no evento.

Feliz de rever pessoas muito queridas, conhecer tantas novas, e ver que existe pessoas tão apaixonadas quanto eu, e até mais pela arte de cozinhar. Era muito amor pela arte da cozinha que ele estava emanando no ar. Você sentia o amor. De verdade.

Como todos tinham que levar um prato, ou fazer um prato, eu aproveitando o tema que era churrasco, levei espetinhos de carne de soja, para serem finalizados lá.

Eu com vida de faculdade, pedi ajuda ao marido que deixou os vegetais cortadinhos e eu fiquei até uma da manhã de sexta para sábado temperando e montando espetinhos. Confesso que eu não botei muita fé, pois no meio de um monte de gente que entende muito de carne quem iria comer os meus espetinhos.

Na minha hora reservada na cozinha, coloquei eles neste forno..

Espetinhos esperando para entrar no forno mara da brastemp

Espetinhos esperando para entrar no forno mara da brastemp

 

E, eles cheiraram muito e ficaram assim:

 

Quase acabando já..

Quase acabando já..

Quando coloquei eles na mesa, eles foram sumindo, sumindo.

Confesso que um grande prazer foi ver o Véio, um cara super carnívoro experimentando eles. Perguntei: Comível? Ele disse sim. Vitória!

O RangoCamp vai render muitos posts, então vou colocar a receita dos espetinhos e depois conto de todo mundo que eu conheci.

Vamos Lá?

1 pacote de proteína de soja em forma de bolinha.
1 lata de bifes vegetais superbom
4 tomates vermelhos, porém firmes
2 pimentões verdes

Cortar os vegetais de forma uniforme, para que fiquem em um tamanho que dê para encaixar no espeto. Reserve em um recipiente para cada vegetal.

Corte a lata inteira de bife de soja em tamanho que dê para encaixar no palito.

Reserve em outra tigela. ( Quando eu falo tigela, pode ser um pote gente, não quero ninguém saindo atrás de bowl por aí)

Coloque a proteína em uma tigela, e  adicione água quente (quente não fervendo) até cobrir no limite a proteina. Agora que temos o “pulo do gato”.

Deixe esta proteína hidratando por uns 5-6 minutos, e nela esprema o suco de um limão.

O limão vai tirar o gosto da soja, e fazer com que o pvt absorva o gosto do tempero que você colocar.

Retire a água e esprema bem cada bolinha.

Se ela estiver bem espremida vai absorver o tempero.

Para temperar eu uso shoyu, azeite, vinagre, orégano e mais limão.

Tempero do mesmo jeito o bife de soja.

A quantidade de cada tempero varia conforme o seu gosto, mas eu nunca adiciono sal porque o shoyu já tem sal.

Monte os espetinhos e coloque  no forno, por mais ou menos uns 30 minutos até dar uma leve dourada na carne.

Sirva e delicie-se com uma receita sem carne e muito gostosa!

Eu gostaria de agradeder á Deh, minha amiga pelo convite, e a Faby, Julia e Leandro por terem me proporcionado um dos dias mais felizes da minha vida!

Um beijo

Amanda

@melecanacozinha