Meleca na cozinha's Blog

Posts Tagged ‘Salgado

Quer? Agora?

Quer? Agora?

Cuscuz? Ãh? O que Dona Amanda comida salgada nesse blog?

Yes we have salgados!!!

Esse Cuscuz foi uma saga.
Na verdade foi uma “lombrigona” que apareceu em mim, quando eu estava fuçando nos vídeos do Festa Junina.
A Dani  e a Ciça fizeram dois maravilhosos!
Mas vamos contar contar essa história do começo.
Eu nunca gostei de cuscuz.
Nunca.
Eu sempre achei nojento. (Deve ser a sardinha que o povo coloca)
Mas naquele dia a vontade falou mais alto.
Se estavam tão bons nos vídeos porque não testar?

Então eu adaptei as receitas das duas para criar a minha, já que neste blog só tem receita vegetariana.
O bom do Cuscuz é que você pode colocar tudo que você gosta, e mesmo assim ele ficará gostoso!

Vamos Lá?

Ingredientes
2 xícaras de farinha de milho
1 xícara de molho de tomate
2 ovos cozidos
2 colheres(chá) de azeitona
2 tomates
1/2 cebola  picadinha
Manjericão (a gosto)
Orégano (a gosto)
1 tabletinho de caldo de legumes

Agora a parte do mise en place, em que você vai deixar tudo cortadinho para fazer o Cuscuz .

Pique 1 Ovo bem  pequenino. O outro (eu pedi 2) você cortará em rodelas, para decorar.
Pique um tomate do mesmo jeito do ovo. O outro (eu pedi 2 também) você cortará em rodelas para decorar.
Pique a cebola, do tamanho que você costuma cortar para refogar.

Agora com todos os ingredientes separadinhos, vamos começar:

Refogue a cebola. Adicione o tomate picado e o ovo e continue refogando.
Adicione a azeitona. (eu uso a picadinha, pois além de ser mais barato é mais prática)
Adicione o molho e os tempere com o majericão, orégano e o caldo de legumes.
Adicione a farinha de milho aos poucos  e cozinhe até ficar uniforme, em que você não vê mais os flocos da farinha de milho.
Acerte o sal.

Unte uma forma com um furo no meio, com azeite.
Coloque no fundo as rodelas de ovo, intercaladas com as rodelas de tomate , e azeitona.
Coloque metade da massa na forma.
Decore as laterais com as rodelas de ovo, de tomate e azeitona.
Coloque o restante da massa.

Aperte bem a massa na forma, e deixe amornar)

Quando estiver morno ( a Dani me disse uns 10 minutos), desenforme.

E se prepare, para comer uma comfy food cheia de amor !

Bom restinho de semana!

Beijos

Amanda

@melecanacozinha

 

 

Uma delicinha vermelha.. viciante..

Uma delicinha vermelha.. viciante..

“Geléia de Pimenta?  É doce?”

Escutei muito isso quando ofereci para os colegas onde trabalho….
Lá no RangoCamp ( gosto de falar assim, aí parece que passou pouco tempo.. ) , a @mammafoodie e a @danyvalente levaram uma geléia maravilhosa de Sweet Chilli.
Fiquei extremamente carente desta geléia depois do evento.. 😦
Então resolvi que ia fazer uma, para ter o gostinho de todo aquele amor mais uma vez.
Fui até uma feira livre que eu considerava super completa atrás no Sweet Chilli.
Mas o máximo de doce que eu encontrei foi a pimenta biquinho. Por que não tentar uma versão com esta?
Depois de pesquisar, achei esta versão e dei uma modificadinha..
Vamos Lá?

1 vidro de 300 gramas de pimenta biquinho ( dizem que não pode usar a em conserva, mas eu usei)
1 copo e meio de açúcar
1 maçã grande ralada
1/4 de xícara de água

Escorra as pimentas do vidro e deixe de molho por uma hora mais ou menos, na água, para tirar o vinagre das pimentas.
Coloque a pimenta, o açúcar e a maçã ralada, com 1/4 de xícara de água no liquidificador
Bata até a mistura ficar uniforme e coloque em uma panela.
Deixe cozinhar por mais ou menos 25 minutos, até ela atingir o ponto de geléia .
Deixe esfriar (ou não) e utilize das mais variadas formas.
Pode ser até em um romeu e Julieta moderno, olha este post da Faby.

Até mais!

Beijos

Amanda

@melecanacozinha

 

 

Melhor evento do ano...

O evento mais gostoso do ano..

Há dias que vc descobre que o seu mundo é muito mais colorido do que parece ser
Que os sentidos podem ser aguçados até ir além dos limites conhecidos..
Que a felicidade não é só aquilo que você conhece.
Ela é muito maior do que vc imagina.

Foi assim que eu me senti no RangoCamp.

A experiência mais sensorial, mais colorida e um dos dias mais felizes da minha vida.
Foram tantos obstáculos superados, afinal, a viagem era longa, o caminho desconhecido, as pessoas me colocando medo.

Mas todos eles valeram a pena, ao relembrar o quanto eu fiquei feliz no evento.

Feliz de rever pessoas muito queridas, conhecer tantas novas, e ver que existe pessoas tão apaixonadas quanto eu, e até mais pela arte de cozinhar. Era muito amor pela arte da cozinha que ele estava emanando no ar. Você sentia o amor. De verdade.

Como todos tinham que levar um prato, ou fazer um prato, eu aproveitando o tema que era churrasco, levei espetinhos de carne de soja, para serem finalizados lá.

Eu com vida de faculdade, pedi ajuda ao marido que deixou os vegetais cortadinhos e eu fiquei até uma da manhã de sexta para sábado temperando e montando espetinhos. Confesso que eu não botei muita fé, pois no meio de um monte de gente que entende muito de carne quem iria comer os meus espetinhos.

Na minha hora reservada na cozinha, coloquei eles neste forno..

Espetinhos esperando para entrar no forno mara da brastemp

Espetinhos esperando para entrar no forno mara da brastemp

 

E, eles cheiraram muito e ficaram assim:

 

Quase acabando já..

Quase acabando já..

Quando coloquei eles na mesa, eles foram sumindo, sumindo.

Confesso que um grande prazer foi ver o Véio, um cara super carnívoro experimentando eles. Perguntei: Comível? Ele disse sim. Vitória!

O RangoCamp vai render muitos posts, então vou colocar a receita dos espetinhos e depois conto de todo mundo que eu conheci.

Vamos Lá?

1 pacote de proteína de soja em forma de bolinha.
1 lata de bifes vegetais superbom
4 tomates vermelhos, porém firmes
2 pimentões verdes

Cortar os vegetais de forma uniforme, para que fiquem em um tamanho que dê para encaixar no espeto. Reserve em um recipiente para cada vegetal.

Corte a lata inteira de bife de soja em tamanho que dê para encaixar no palito.

Reserve em outra tigela. ( Quando eu falo tigela, pode ser um pote gente, não quero ninguém saindo atrás de bowl por aí)

Coloque a proteína em uma tigela, e  adicione água quente (quente não fervendo) até cobrir no limite a proteina. Agora que temos o “pulo do gato”.

Deixe esta proteína hidratando por uns 5-6 minutos, e nela esprema o suco de um limão.

O limão vai tirar o gosto da soja, e fazer com que o pvt absorva o gosto do tempero que você colocar.

Retire a água e esprema bem cada bolinha.

Se ela estiver bem espremida vai absorver o tempero.

Para temperar eu uso shoyu, azeite, vinagre, orégano e mais limão.

Tempero do mesmo jeito o bife de soja.

A quantidade de cada tempero varia conforme o seu gosto, mas eu nunca adiciono sal porque o shoyu já tem sal.

Monte os espetinhos e coloque  no forno, por mais ou menos uns 30 minutos até dar uma leve dourada na carne.

Sirva e delicie-se com uma receita sem carne e muito gostosa!

Eu gostaria de agradeder á Deh, minha amiga pelo convite, e a Faby, Julia e Leandro por terem me proporcionado um dos dias mais felizes da minha vida!

Um beijo

Amanda

@melecanacozinha

Batatinhas crocantes...

Batatinhas crocantes...

Oi gente!

Meu deus do Céu!

Nesses dias de páscoa estou em um correria from hell, fiz coisinha para as minhas crianças da creche, falta fazer coisinhas para meus alunos adultos e para a família.

No meio de tudo isso tem casa, comida, aula para planejar, aula para dar de tarde, de noite ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh.
(  eu reclamo, mas amo muito tudo isso..rs)

Enfim tudo isso serve para explicar o porque, de vez em quando fazer essa batata é uma mão na roda.

Para você não ter que comprar aquelas batatas especiais para forno, fica uma dica de um prato saudável e mais ou menos rápido. Vamos lá?

Ingredientes
1 Pacote de batata pré-frita e congelada ( eu compro de sacões de 2 kilos  em atacados, então uso mais ou menos 1/2 kilo cada vez que eu faço e, mesmo essas, que não são de marca ficam boas)
3 colheres de azeite

Só  isso? Só!!!

Primeiro pré-aqueça o forno, na temperatura máxima uns 5 minutos antes de tirar a batata do congelador.
Depois, coloque o conteúdo do pacote na forma, e coloque o azeite por cima, dando uma leve regada.
Coloque no forno, abaixe a temperatura para uns 200° e vá lavar a louça, escrever um post, assistir um filme (hahahaha brincadeirinha não demora tanto assim). Demora mais ou menos 25, 30 minutos. Ela deve estar sequinha igual a da foto lá em cima.

Coloque sal a gosto e junte com a sua comidinha mais gostosa e aproveite as funcionalidades da vida moderna…

Um beijo

Amanda

@melecanacozinha

 

Hummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

Oi gente!

Estou devendo um post sobre como foi a minha ceia de ano novo. Foi a base de pizza!
Mas esse vai ficar para depois.
Ontem a noite, tava com uma fome danada, queria comer pão de qualquer jeito.
Ai pensei em ir comprar. Mas a preguiça foi tanta, que acabei ficando na cadeira do cursinho sentada.

Então, pensei em fazer.
Pedi pelo twitter, para a Debora , uma receita gostosa. Ela me mandou essa.
Eu fiquei tentada a fazer, mas eu ia fazer com cenouras, dica da Deh,  mas não achei justo com a mandioquinha, porque ela tinha que ser trocada ( eu tava sem em casa), coitadinha da mandioquinha eu amo ela! .
Então fuçando nos blog da vida, achei essa aqui no Rainhas do Lar.
Logo me atraiu pelo fato de não ter que sovar a massa e ia ervas coisa que eu ADORO!

Dei uma adaptada para as ervas que eu tenho aqui em casa. A receita original está aqui.

Vamos Lá!

Ingredientes
3 ovos inteiros
2 xícaras de água
200 ml de óleo
4 tabletes de fermento biológico fresco
3  colheres sopa de açúcar
1 colher de sopa de sal
Majericão á vontade
Orégano á vontade
1 colher de sopa de azeite
1 dente de alho
1/2 cebola pequena
5 xícaras de farinha

Bata todos os ingredientes, com exceção da farinha, no liquidificador.
Despeje as xícaras de farinha em uma tigela grande, e faça um buraco no meio.
No buraco vá despejando a massa batida e misturando com a farinha, até que fique uniforme..
Coloque a mistura em 3 formas para bolo inglês, previamente untadas e deixe crescer por uma hora, cobertas por um pano.

Cresce viu? E como!

Depois de crescidas, coloque no forno, pré aquecido ( pré aqueci a 180° por uns 10 minutos), por 30 minutos ou até que fique dourado.

Se prepare, pois o perfume é matador. A casa fica com cheiro de cantina italiana…

Pode fazer recheado? Pode claro, lá no rainhas, tem  essa mesma massa com recheio de gorgonzola.

Ai ai, só me resta aproveitar as férias e comer pão quentinho…

Beijos pessoal!

Amanda

@melecanacozinha

 

Adoro!

Perai cof cof coff

Nossa quanta poeira por aqui hahahahahahaha

Em um dia feio e chuvoso que nem hoje, que tal uma sopa de lentilha?

Eu adoro, como em todas as refeições se possível.

Fora que tem ferro, e ajuda a quem não come carne.

Eu cozinho na panela normal, mas tem gente que faz na panela de pressão.

Eu como morro de medo da panela de pressão, nem chego perto dela!

Vamos lá

1/2 pacote de lentilha lavado

1/2 cebola picada

2 dentes de alhos esmagadinhos

2 cubos de caldo de legumes knorr vitalie (que pode ser substituido por misso também)

Azeite

e Orégano a gosto

Cozinhe a lentilha por 40 minutos.

Em outra panela frite a cebola e o alho no azeite.

Junte o orégano, e jogue por cima da lentilha cozida.

Junte o caldo de legumes e deixe apurar por uns 10 minutos e hum…..

Aproveite um dia frio como esse para saborear essa sopa.

Ah 1: Eu não bato no liquidificador, prefiro a lentilha inteira.

Ah quer dar uma melhorada e não é alergica a lactose que em eu?

Coloque um nozinhos de mussarella de bufala picada no meio… aff fica muito bom!

Participação especial da minha bb para mostrar como eu estou nesses dias.. Cansada..

Participação especial da minha bb para mostrar como eu estou nesses dias.. Cansada..

É eu sei, eu prometo, prometo mas não cumpro.

Estou com um milhão de coisas para postar, mas a minha vida de ploretária está me impedindo de chegar perto do computador.
Chego em casa, janto, vejo os e-mails no meu N95, e embarco para acordar 5:30 a.m no outro dia.
Para que não sabe, eu estou acostumada a trabalhar meio período, a tarde ( sou professora de educação infantil), mas a minha companheira e amiga, do periodo da manhã, fez uma cirurgia recente, e está afastada a 9 dias. Vai  ficar mais 7. Eu juntei o útil ( a necessidade de um din din a mais SEMPRE!) ao meu sentimento de galinha( já explico hihi) e estou substituindo ela desde segunda passada.
Eu fico na creche das 07:00 da manhã as 17:30. Gente são quase 12 horas em pé ( tira umas 2 que eu sento enquanto eles dormem) com a mesma turma que eu amo tanto( por isso o sentimento de galinha, eu moooorro de ciúmes dos meus 21 filhos, de deixar eles com outra pessoa que não seja minha companheira ou eu. PRONTOFALEI! HAHAHA). Chego em casa ACABADA…

O meu amor que tá cozinhando, lavando a louça e fazendo tudo. Por isso que eu amo ele !

Essa receita é facílima para aqueles momentos de preguiça ou cansaço do corpo, ou também para que tá com uns pãezinhos duros no armário.

Enfim dramas a parte, esse é um blog de culinária, então vamos a receita! ( que é o meu chuchucos)

Ingredientes

3 pães franceses duros cortados em fatias
5 fatias de queijo mussarella
2 tomates fatiados
3 colheres de molho de tomate
orégano a gosto

Fatie os pães.
Espalhe o molho de tomate sobre eles.
Quem quiser um pão mais molhadinho, coloque mais molho, quem quiser um menos molhadinho, menos molho.
Coloque a mussarella em pedacinhos em cima dos pães, assim como os tomates e capriche no orégano e azeite.

Hum, é rápido e delicioso!

Fiquem com deus, e eu volto logo com outra receita da minha irmã. Acho que sábado volto!

Bjos